11
views
0
recommends
+1 Recommend
1 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      MODELAGEM DO CARBONO ORGÂNICO TOTAL E DA LENHA POR UNIDADE DE ÁREA PARA BRACATINGAIS NATIVOS Translated title: MODELING FOR TOTAL AND FIREWOOD ORGANIC CARBON PER UNIT OF AREA FOR NATIVE Mimosa scabrella STANDS

      research-article

      Read this article at

      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          RESUMO O conceito de fixação de carbono normalmente se relaciona com a ideia de armazenar reservas de carbono em solos, florestas e outros tipos de vegetação. A presente pesquisa objetivou a modelagem do carbono orgânico total da parte aérea e da lenha por unidade de área fixada em povoamentos de bracatinga (Mimosa scabrella Bentham) na região metropolitana de Curitiba. Os dados são provenientes de 272 parcelas temporárias com idades variando de 3 a 18 anos. Foram testados 21 modelos tradicionais: 10 aritméticos e 11 logarítmicos; foram também desenvolvidos modelos pelo processo Stepwise a partir de uma matriz de correlação. As equações ajustadas foram comparadas pelo coeficiente de determinação ajustado (R²aj), erro padrão da estimativa percentual (Syx%), teste F e distribuição gráfica de resíduos. A correlação linear simples entre as variáveis utilizadas diferenciou-se daqueles resultados tradicionalmente encontrados para o volume dos povoamentos. Este resultado foi também constatado no ajuste dos modelos matemáticos por Stepwise, nos quais, a variável altura total média não compôs nenhum dos modelos ajustados. Apesar de eficientes, as equações tradicionais selecionadas mostraram-se menos acuradas que as equações ajustadas por Stepwise, reforçando a importância e a melhoria que este método representa para estudos de modelagem.

          Translated abstract

          ABSTRACT The fixed carbon concept is normally related to the idea of storing carbon in forest soil and other vegetations type. This research aimed the modeling of total above ground organic carbon and also for the firewood component by unit of area fixed in Mimosa scabrella stands in the metropolitan region of Curitiba. The database came from 272 temporary sample plots with ages ranging from 3 to 18 years. It was tested 21 traditional models: 10 arithmetic ones and 11 logarithmic ones; it was also developed models by Stepwise process from a correlation matrix. The equation of best performance was chosen based on R²aj, Syx%, F value and on graphic analysis of residuals. A simple linear correlation between the used variables differed from those traditionally found results for volume of stands. This result was also observed in the fitting of mathematical models by stepwise, in which the variable average height didn't compose any adjusted model. Although efficient, selected traditional equations were less accurate than the equations adjusted by stepwise, reinforcing the importance and improving that this method represents to modeling studies.

          Related collections

          Most cited references 18

          • Record: found
          • Abstract: not found
          • Article: not found

          Geografia física do Estado do Paraná.

           R. MAACK,  R. Maack (2002)
            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: found
            • Article: found
            Is Open Access

            DETERMINAÇÃO INDIRETA DO ESTOQUE DE BIOMASSA E CARBONO EM POVOAMENTOS DE ACÁCIA-NEGRA (Acacia mearnsii De Wild.)

            RESUMO Este trabalho foi realizado com o objetivo de estimar o estoque de carbono em povoamentos equiâneos de Acacia mearnsii De Wild., na região da Encosta Inferior do Sudeste, no Rio Grande do Sul, com o método de derivação do volume em biomassa e carbono. As quantificações dos componentes da biomassa e do carbono foram feitas em povoamentos com idade entre 4 e 8 anos. O método de derivação do volume em biomassa e carbono mostrou-se eficiente na determinação do estoque de carbono, pois a diferença relativa média foi de apenas 4,4%, quando considerada toda a amostragem e independência da idade dos povoamentos. A densidade básica média da madeira foi de 0,6, independente da idade dos povoamentos. A proporção de biomassa média entre o volume com casca pelo volume de folhas, ramos, serrapilheira e raízes foram de 0,59, independente da idade dos povoamentos. A concentração média de carbono, independente da idade dos povoamentos, foi igual a 0,40. O estoque de carbono estimado pelo método de derivação de volume e carbono, em povoamentos de 7 anos de idade, foi de 99,46 t ha-1 no índice de sítio 20, 82,98 t ha-1 no índice de sítio 16, e 46,13 t ha-1 no índice de sítio 12.
              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: found
              • Article: found
              Is Open Access

              Equações de volume de povoamento para fragmentos florestais naturais do município de Viçosa, Minas Gerais

              Este trabalho teve por objetivos desenvolver equações de volume de povoamento em fragmentos florestais naturais no município de Viçosa, Minas Geras, utilizando-se a amostragem por pontos (Método de Bitterlich); caracterizar as famílias e as espécies arbóreas que ocorrem na região, fundamentadas em trabalhos científicos; e caracterizar os fragmentos florestais do município, quanto a tamanho, forma e parâmetros quantitativos. Para isso, foram amostrados 55 pontos, através da amostragem por pontos (Bitterlich), com um fator de área basal K=1. Após as análises, verificou-se que o município de Viçosa possui 480 espécies arbóreas, pertencentes a 189 gêneros e 62 famílias; e 289 fragmentos florestais recobrindo 22,77% de área, equivalentes a 6.832,58 ha. O modelo, cujos volumes por hectare e as variáveis independentes área basal por hectare e altura do povoamento (altura total média e altura média dos fustes) estavam linearizados, foi selecionado como o melhor para estimar o volume total com casca por hectare e o volume de fuste com casca por hectare.
                Bookmark

                Author and article information

                Contributors
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Journal
                cflo
                Ciência Florestal
                Ciênc. Florest.
                Universidade Federal de Santa Maria
                1980-5098
                March 2013
                : 23
                : 1
                : 117-127
                Affiliations
                [1 ] Universidade Federal do Paraná Brazil
                [2 ] Universidade Federal do Paraná Brazil
                [3 ] Universidade Federal do Paraná Brazil
                [4 ] Universidade Federal do Paraná Brazil
                Article
                S1980-50982013000100117
                10.5902/198050988446
                03cd0def-9366-4def-861b-b30a88b6b857

                This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

                Product
                Product Information: website
                Categories
                ECOLOGY
                ENVIRONMENTAL STUDIES
                FORESTRY

                Comments

                Comment on this article