16
views
0
recommends
+1 Recommend
1 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      SPATIALIZATION OF SOIL CHEMICAL AND PHYSICAL ATTRIBUTES IN AN AGROFORESTRY SYSTEM, SEROPÉDICA, BRAZIL Translated title: ESPACIALIZAÇÃO DOS ATRIBUTOS QUÍMICOS E FÍSICOS DO SOLO EM UM SISTEMA AGROFLORESTAL, SEROPÉDICA, BRASIL

      research-article

      Read this article at

      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          ABSTRACT The purpose of this study was to spatialize the chemical and physical attributes of the soil in an agroforestry system in Seropédica, Rio de Janeiro, Brazil. Thirty-one soil samples were collected from 0-10 cm, 10-20 cm, and 20-40 cm depths, and each sampling point was georeferenced. The pH (in H2O), potential acidity (H+Al), calcium (Ca+2), magnesium (Mg+2), aluminum (Al+3), sodium (Na+), potassium (K+), phosphorus (P), organic carbon (C), cation exchange capacity of the soil (T value), base saturation (V value), total clay, total sand, silt, and density of fine roots were measured. The software ArcGIS 10.2 was used to perform the semivariogram analysis and the fitting of the models, and spatial interpolation was performed using a first-order trend ordinary kriging process with spherical, exponential, and Gaussian spatial models. Based on the results, only the exponential and Gaussian models were fitted to the variables, except for the Mg2+ and V value variables, which presented no spatial dependence, thus showing a pure nugget effect (PNE). Distribution maps were generated for the variables (except for those exhibiting PNE), which showed correlation between the variables pH and Al3+, organic carbon and cations, phosphorus and total clay, and silt and sand. Overall, geostatistics could be applied to spatialize the chemical and physical attributes of the soil in the agroforestry system, except in the case of Mg2+ and the V value.

          Translated abstract

          RESUMO Neste trabalho, objetivou-se espacializar os atributos químicos e físicos do solo em um sistema agroflorestal no município de Seropédica, Rio de Janeiro. Foram coletadas 31 amostras de terra, nas profundidades de 0-10 cm, 10-20 cm e 20-40 cm, sendo cada ponto de coleta georreferenciado. Foram determinados pH (em H2O), acidez potencial (H+Al), cálcio (Ca2+), magnésio (Mg2+), alumínio (Al3+), sódio (Na+), potássio (K+), fósforo (P), carbono orgânico (C), capacidade de troca catiônica do solo (Valor T), saturação por bases (Valor V), argila total, areia total, silte e densidade de raízes finas. O software ArcGIS 10.2 foi utilizado para fazer a análise semivariográfica e o ajuste dos modelos, e posteriormente, foi empregado a interpolação espacial através da Krigagem Ordinária de primeira ordem de três modelos espaciais, esférico, exponencial e gaussiano. De acordo com os resultados, apenas os modelos exponencial e gaussiano foram ajustados para as variáveis, exceto para as variáveis Mg2+ e Valor V, pois não apresentaram dependência espacial, assim expressando efeito pepita puro (EPP). Foram gerados os mapas de distribuição para as variáveis (exceto para aquelas que exibiram EPP), onde ocorreu uma correlação entre as variáveis pH e Al3+, carbono orgânico e cátions, fósforo e argila total, e silte e areia. A geoestatística pode ser aplicada para espacializar os atributos químicos e físicos do solo no sistema agroflorestal, exceto no caso do Mg2+ e Valor V.

          Related collections

          Most cited references31

          • Record: found
          • Abstract: not found
          • Book: not found

          Manual de métodos e análise de solo

            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: not found
            • Article: not found

            Almost symmetrical vertical growth rates above and below ground in one of the world's most productive forests

              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: found
              • Article: found
              Is Open Access

              Variabilidade espacial de atributos do solo em sistema de semeadura direta com rotação de culturas no cerrado brasileiro

              O presente estudo objetivou analisar a variabilidade espacial dos atributos químicos e da textura de um Latossolo Vermelho distroférrico. A propriedade onde o estudo foi realizado localiza-se no município de Sidrolândia (MS) e produz soja, milho e algodão, adotando rotação de culturas e o sistema de plantio direto. Em uma área experimental de aproximadamente 90 hectares foi amostrado solo em 181 pontos georeferenciados. As amostras foram compostas por quatro amostras simples, representativas da profundidade de 0,00-0,20 m. Foram mensurados os atributos químicos e a textura do solo. Realizou-se, inicialmente, análise de discrepantes e, posteriormente, análise descritiva e geoestatística para caracterizar as amostras e identificar a dependência espacial dos atributos estudados. Não foi detectada dependência espacial para os atributos acidez ativa em água, alumínio, acidez potencial, saturação por bases e matéria orgânica. As melhores estimativas de valores para locais não amostrados foram observadas para os atributos físicos do solo, os quais apresentaram os melhores parâmetros de ajuste dos variogramas e da validação cruzada. As técnicas de geoestatística utilizadas possibilitaram o ajuste dos modelos teóricos que melhor representaram a semivariância experimental, possibilitando assim a construção de mapas temáticos da distribuição espacial dos valores dos atributos do solo estudado.
                Bookmark

                Author and article information

                Contributors
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Journal
                cerne
                CERNE
                CERNE
                UFLA - Universidade Federal de Lavras (Lavras, MG, Brazil )
                0104-7760
                2317-6342
                December 2016
                : 22
                : 4
                : 407-414
                Affiliations
                [1] Seropédica Rio de Janeiro orgnameUniversidade Federal Rural do Rio de Janeiro Brazil
                Article
                S0104-77602016000400407
                10.1590/01047760201622042159
                09a98a84-fb97-4311-813a-9e0393247afb

                This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

                Page count
                Figures: 0, Tables: 0, Equations: 0, References: 31, Pages: 8
                Product

                SciELO Brazil


                Modelos espaciais,Estatística descritiva,Conservação do solo,Sustentabilidade,Spatial models,Descriptive statistics,Soil conservation,Sustainability

                Comments

                Comment on this article