9
views
0
recommends
+1 Recommend
1 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      Tuberculose em crianças e adolescentes: uma análise epidemiológica e espacial no estado de Sergipe, Brasil, 2001-2017 Translated title: Tuberculosis among children and adolescents: an epidemiological and spatial analysis in the state of Sergipe, Brazil, 2001-2017

      Read this article at

      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          Resumo A tuberculose continua como uma das doenças mais frequentes no mundo e uma das principais causas de morbimortalidade. Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que o Brasil responde por 75% dos casos mundiais envolvendo crianças. O estudo objetiva analisar o padrão epidemiológico e espacial da tuberculose em crianças e adolescentes no estado de Sergipe durante o período de 2001 a 2017. Trata-se de um estudo ecológico, de serie temporal, com uso de dados secundários. As variáveis categóricas foram sumarizadas em frequência simples e absoluta. Na análise espacial foi utilizado o método bayesiano para suavização de taxas e o índice de Moran para avaliar a autocorrelação espacial. A análise de tendência foi realizada por meio do modelo de regressão Joinpoint. Verificou que a taxa média de incidência foi de 5,9 com predomínio na faixa etária 15 a 19 anos (76,4%) e tendência estacionaria, porém com variação anual positiva em ambos os sexos. A tuberculose em crianças e adolescentes apresenta dependência espacial significante nas regiões norte e nordeste. O conhecimento da situação epidemiológica da tuberculose ao longo dos anos fornece subsídios para o direcionamento de recursos em áreas de risco e às novas estratégias de prevenção e controle da doença em crianças e adolescentes.

          Translated abstract

          Abstract Tuberculosis continues to be of the most frequent diseases in the world and one of the main causes of morbidity and mortality. Data from the World Health Organization indicate that Brazil accounts for 75% of global cases involving children. The study aims to analyze the epidemiological and spatial pattern of tuberculosis in children and adolescents in the state of Sergipe during the period from 2001 to 2017. This is an ecological, temporal series study using secondary data. The categorical variables were summarized in simple and absolute frequency. In the spatial analysis the Bayesian method for rate smoothing and the Moran index were used to evaluate spatial autocorrelation. Trend analysis was performed using the Joinpoint regression model. The mean incidence rate was 5.9, with a predominance of 15 to 19 years of age (76.4%) and a steady trend, but with a positive annual variation in both sexes. Tuberculosis in children and adolescents has significant spatial dependence in the north and northeast regions. The knowledge of the epidemiological situation of tuberculosis over the years provides subsidies for the targeting of resources in risk areas and new strategies for prevention and control of the disease among children and adolescents.

          Related collections

          Most cited references 12

          • Record: found
          • Abstract: found
          • Article: not found

          Diagnosis of tuberculosis in children: increased need for better methods.

           E. A. Khan,  J Starke (1995)
          In the last decade tuberculosis (TB) has reemerged as a major worldwide public health hazard with increasing incidence among adults and children. Although cases among children represent a small percentage of all TB cases, infected children are a reservoir from which many adult cases will arise. TB diagnosis in children usually follows discovery of a case in an adult, and relies on tuberculin skin testing, chest radiograph, and clinical signs and symptoms. However, clinical symptoms are nonspecific, skin testing and chest radiographs can be difficult to interpret, and routine laboratory tests are not helpful. Although more rapid and sensitive laboratory testing, which takes into account recent advances in molecular biology, immunology, and chromatography, is being developed, the results for children have been disappointing. Better techniques would especially benefit children and infants in whom early diagnosis is imperative for preventing progressive TB.
            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: found
            • Article: found
            Is Open Access

            Avaliação da qualidade dos dados, oportunidade e aceitabilidade da vigilância da tuberculose nas microrregiões do Brasil

            Resumo Objetivou-se avaliar a qualidade dos dados, a aceitabilidade e a oportunidade do sistema de vigilância da tuberculose nas microrregiões do Brasil. Foi realizado estudo ecológico transversal, após etapa qualitativa para seleção de indicadores, tendo como unidades de análise as 558 microrregiões. Foram utilizados dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), de 2012 a 2014, para cálculo de 14 indicadores referentes a 4 atributos: completitude, consistência, oportunidade e aceitabilidade. Foi empregada análise de cluster para agrupar as microrregiões quanto à aceitabilidade e à oportunidade. Dentre as 473 microrregiões com completitude ótima ou regular (70% a 100%) e número de notificações superior a 5, foram identificados 3 clusters. O cluster 1 (n = 109) apresentou oportunidades médias de notificação e de tratamento iguais a 62,8% e 24,9%, respectivamente. O cluster 2 (n = 143) teve o percentual médio de casos testados para HIV igual a 55,9%. O cluster 3 (n = 221) apresentou o melhor desempenho nos indicadores da tuberculose. Os resultados sugerem áreas prioritárias para aprimoramento da vigilância da tuberculose, predominantemente no centro-norte do país. Também apontam a necessidade de aumento da oportunidade do tratamento e do percentual de casos testados para HIV.
              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: not found
              • Article: not found

              Distribuição espacial e contexto socioeconômico da tuberculose, Rio de Janeiro, Brasil

                Bookmark

                Author and article information

                Journal
                csc
                Ciência & Saúde Coletiva
                Ciênc. saúde coletiva
                ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Rio de Janeiro, RJ, Brazil )
                1413-8123
                1678-4561
                August 2020
                : 25
                : 8
                : 2939-2948
                Affiliations
                Lagarto orgnameUniversidade Federal de Sergipe orgdiv1Departamento de Enfermagem orgdiv2Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde Brazil beatriz.enf12@ 123456gmail.com
                Article
                S1413-81232020000902939 S1413-8123(20)02500802939
                10.1590/1413-81232020258.25692018

                This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

                Page count
                Figures: 0, Tables: 0, Equations: 0, References: 29, Pages: 10
                Product
                Product Information: website
                Categories
                Artigo

                Comments

                Comment on this article