Blog
About

7
views
0
recommends
+1 Recommend
1 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      Germinação de sementes de Mimosa scabrella Benth. submetidas a diferentes condições de temperatura, armazenamento e tratamentos pré-germinativos Translated title: Germination of Mimosa scabrella Benth. seeds under different conditions of temperature, storage, and pre-germinative treatments

      Read this article at

      ScienceOpenPublisher
      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes temperaturas, tempo de armazenamento e tratamentos pré-germinativos na quebra de dormência de sementes da leguminosa Mimosa scabrella Benth. O trabalho foi realizado na Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, e as análises de variância foram efetuadas sob o esquema fatorial 2×2×7 (duas temperaturas, dois períodos de armazenamento e sete tratamentos pré-germinativos). A comparação de médias foi feita pelo teste de Scott-knott, a 5% de probabilidade. As temperaturas testadas foram constantes de 25 e 30 ºC, os períodos de armazenamento foram de zero e oito meses de armazenamento e o tratamento pré-germinativo consistiu em imersão em água a 80 ºC por períodos de 3, 6, 9, 12, 15 e 18 horas. Os resultados obtidos evidenciaram maior porcentagem de germinação das sementes de bracatinga na temperatura de 30 ºC, com tratamento pré-germinativo de imersão em água a 80 °C, com posterior permanência durante 3 horas, independente do armazenamento.

          Translated abstract

          The objective of this study was to evaluate the effect of temperature, storage time and pre-germination treatments in the germination of Mimosa scabrella Benth seeds. The study was conducted at the University of the State of Santa Catarina, Lages. The experimental design was completely randomized, and analysis of variance was performed under the factorial 2×2×7 (two temperatures, two periods of storage, and seven pre-germination treatments). The average values were compared by Scott-Knott test at 5% probability. The temperatures employed were 25 and 30°C, the storage periods were eight months and no storage and pre-germination treatments were immersion in water at 80°C for periods of 3, 6, 9, 12, 15 and 18 hours. The results showed higher germination of seeds bracatinga in temperature 30°C, regardless of storage, and immersion for 3 hours in water at 80°C.

          Related collections

          Most cited references 28

          • Record: found
          • Abstract: not found
          • Article: not found

          Fisiologia de sementes de plantas cultivadas

            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: found
            • Article: found
            Is Open Access

            Classificação de sementes florestais quanto ao comportamento no armazenamento

            Este trabalho teve como objetivos realizar um levantamento sobre a classificação de sementes de espécies florestais quanto ao comportamento durante o armazenamento e verificar a relação da classificação proposta com os grupos ecológicos das mesmas. Foram estudadas 39 espécies florestais presentes em remanescentes de matas ciliares na bacia do Alto e Médio Rio Grande, MG. A viabilidade das sementes e o grau de umidade foram obtidos para as sementes recém-beneficiadas; sementes recém-beneficiadas armazenadas em embalagem semipermeável a 5ºC durante 90 dias; e para sementes secas antes e após o armazenamento em embalagem impermeável sob temperaturas de 5ºC e -18ºC durante 90 dias. A análise estatística foi realizada comparando-se, por sobreposição, os intervalos de confiança das médias de porcentagem de germinação para cada espécie. As sementes das diferentes espécies foram classificadas como ortodoxas ou recalcitrantes durante o armazenamento. As sementes classificadas como ortodoxas são as que pertencem as espécies: Alchornea triplinervea, Anadenanthera colubrina, Aspidosperma cylindrocarpon, Aspidosperma polyneuron, Bowdichia virgilioides, Ceiba speciosa, Hymenaea courbaril, Lafoensia pacari, Lecythis pisonis, Lithraea molleoides, Maclura tinctoria, Myroxylon peruiferum, Myrsine umbellata, Rudgea viburnoides, Schinus terebinthifolius, Solanum granuloso-leprosum, Tabebuia crysotricha; e recalcitrantes as demais: Calophyllum brasiliense, Calyptranthes lucida, Cupania vernalis, Eugenia handroana, e Talauma ovata. O comportamento ortodoxo foi verificado para sementes de espécies pioneiras, clímax exigentes de luz para o crescimento da plântula e para espécies clímax tolerantes à sombra. Sementes classificadas como recalcitrantes foram encontradas para espécies clímax tolerantes à sombra e clímax exigentes de luz.
              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: not found
              • Article: not found

              Zoneamento ecológico para plantios florestais no Estado de Santa Catarina

              (1988)
                Bookmark

                Author and article information

                Contributors
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Journal
                rca
                Revista de Ciências Agrárias
                Rev. de Ciências Agrárias
                Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (Lisboa, , Portugal )
                0871-018X
                June 2017
                : 40
                : 2
                : 1-10
                Affiliations
                Pato Branco PR orgnameUniversidade Tecnológica Federal do Paraná orgdiv1Campus Pato Branco Brasil
                Lages Santa Catarina orgnameUniversidade do Estado de Santa Catarina orgdiv1Centro de Ciências Agroveterinárias Brasil
                Pelotas Rio Grande do Sul orgnameUniversidade Federal de Pelotas orgdiv1Campus Capão do Leão Brasil
                Article
                S0871-018X2017000200001
                10.19084/RCA16153

                This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

                Page count
                Figures: 0, Tables: 0, Equations: 0, References: 28, Pages: 10
                Product
                Product Information: website

                Comments

                Comment on this article