14
views
0
recommends
+1 Recommend
0 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      Formal caregivers of older adults: reflection about their practice Translated title: Acompanhantes de idosos: reflexão sobre sua prática

      research-article

      Read this article at

      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          OBJECTIVE

          To understand the job function of caregivers of older adults and contribute to the debate on the consolidation of this professional practice.

          METHODOLOGICAL PROCEDURES

          This is a descriptive, qualitative, and exploratory study. Four focal group sessions were performed in 2011 with 11 elderly companions, formal caregivers of older adults in the Programa Acompanhante de Idosos (Program for Caregivers of Older Adults), Sao Paulo, SP, Southeastern Brazil. These sessions, guided by a semi-structured script, were audio-recorded and fully transcribed. Data were analyzed using the Content Analysis technique, Thematic Modality.

          RESULTS

          In view of considering the caregivers of older adults as a new category of workers, it was difficult to define their duties. The elderly companions themselves as well as the care receivers, their families, and the professionals that comprised the team were unclear about their duties. The professional practice of these formal caregivers has been built on the basis of constant discussions and negotiations among them and other team members in Programa Acompanhante de Idosos during daily work. This was achieved via a recognition process of their job functions and by setting apart other workers’ exclusive responsibilities.

          CONCLUSIONS

          The delimitation of specific job functions for elderly companions is currently one of the greatest challenges faced by these workers to develop and consolidate their professional role as well as improve Programa Acompanhante de Idosos.

          Translated abstract

          OBJETIVO

          Compreender as funções dos acompanhantes de idosos e contribuir no debate acerca da consolidação dessa prática profissional.

          PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

          Trata-se de estudo qualitativo, exploratório e descritivo. Foram realizadas quatro sessões de grupo focal com 11 acompanhantes de idosos das primeiras equipes do Programa Acompanhante de Idosos, em São Paulo, SP, em 2011. As sessões, orientadas por um roteiro semiestruturado, foram gravadas em áudio e transcritas integralmente. Os dados foram analisados por meio da técnica de Análise de Conteúdo, modalidade Temática.

          RESULTADOS

          Tendo em vista os acompanhantes de idosos como nova categoria de trabalhadores, havia dificuldade na compreensão de suas atribuições, tanto por eles mesmos como pelos idosos atendidos e seus familiares, incluindo os profissionais que compunham as equipes. A prática profissional dos acompanhantes tem sido construída a partir de discussões e negociações constantes entre eles e demais membros das equipes do Programa Acompanhante de Idosos no cotidiano de trabalho, por meio de um processo de reconhecimento de suas funções e diferenciação daquelas de responsabilidade exclusiva de outros trabalhadores.

          CONCLUSÕES

          A delimitação de funções específicas dos acompanhantes de idosos constitui-se atualmente como um dos grandes desafios enfrentados por esses trabalhadores para o desenvolvimento e consolidação de seu fazer profissional e do aprimoramento do próprio Programa Acompanhante de Idosos.

          Related collections

          Most cited references22

          • Record: found
          • Abstract: found
          • Article: found
          Is Open Access

          Grupos focais: conceitos, procedimentos e reflexões baseadas em experiências com o uso da técnica em pesquisas de saúde

          Leny Trad (2009)
          Nas duas últimas décadas, constata-se um incremento significativo da utilização de grupos focais como instrumento de coleta de dados em pesquisas no campo da Saúde Coletiva no Brasil. Seja ocupando a função de técnica principal, ou como estratégia complementar de tipo qualitativa, sua adoção atende invariavelmente ao objetivo de apreender percepções, opiniões e sentimentos frente a um tema determinado num ambiente de interação. A regularidade quanto à finalidade no emprego do grupo focal contrasta com a variação observada no tocante aos requisitos e procedimentos práticos referidos. Este artigo apresenta conceitos, finalidades e procedimentos relativos à técnica de grupos focais e problematiza sua operacionalização prática na pesquisa, particularmente no campo da saúde. Com base neste objetivo, o trabalho integra uma revisão da literatura sobre grupo focal com uma reflexão derivada de experiências de utilização da técnica em estudos de avaliação em saúde, conduzidos ou orientados pela autora.
            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: not found
            • Book: not found

            Envelhecimento ativo: uma política de saúde

              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: not found
              • Article: not found

              Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humanas

                Bookmark

                Author and article information

                Journal
                Rev Saude Publica
                Rev Saude Publica
                Revista de Saúde Pública
                Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
                0034-8910
                1518-8787
                October 2014
                : 48
                : 5
                : 732-738
                Affiliations
                Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Faculdade de Medicina. Universidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
                Author notes
                [Correspondence ]: Marina Picazzio Perez Batista. Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Faculdade de Medicina – USP. Rua Cipotânea, 51 Cidade Universitária. 05360-000 São Paulo, SP, Brasil. E-mail: marinapperez@ 123456usp.br

                The authors declare no conflict of interest.

                Article
                10.1590/S0034-8910.2014048005270
                4211577
                25372163
                cedd94ba-6607-4116-90f3-2fbe6e3663bb

                This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.

                History
                : 29 November 2013
                : 31 March 2014
                Page count
                References: 10, Pages: 7
                Categories
                Original Articles

                caregivers,professional practice,professional role,health services for the aged,qualitative research,work

                Comments

                Comment on this article