24
views
0
recommends
+1 Recommend
1 collections
    0
    shares
      • Record: found
      • Abstract: found
      • Article: found
      Is Open Access

      Distribuição dos fonoaudiólogos na atenção à saúde no estado de Minas Gerais entre 2005 e 2010 Translated title: Distribution of speech therapists in health care in Minas Gerais state between 2005 and 2010

      Read this article at

      Bookmark
          There is no author summary for this article yet. Authors can add summaries to their articles on ScienceOpen to make them more accessible to a non-specialist audience.

          Abstract

          OBJETIVO: analisar a tendência de distribuição dos fonoaudiólogos inseridos na atenção à saúde no estado de Minas Gerais no período de 2005 a 2010. MÉTODO: trata-se de um estudo retrospectivo, baseado na análise de banco de dados secundários de domínio público, os Cadernos de Informações de Saúde do Sistema de Informações em Saúde Brasileiro, o DATASUS. Foram analisados dados referentes aos 853 municípios do estado, destacando-se os indicadores de recursos relacionados ao número de profissionais de fonoaudiologia, o número de profissionais nas macrorregiões do estado, a população destes espaços, a vinculação dos fonoaudiólogos ao Sistema Único de Saúde (SUS) e as tendências de distribuição no período pesquisado. RESULTADOS: no período de 2005 a 2010, houve significante crescimento do número de fonoaudiólogos. O número de municípios com fonoaudiólogos passou de 32,8% para 54,5%. A partir de 2008, ano marcado como o auge do crescimento do profissional vinculado ao SUS, observou-se aumento de cerca de 25%. O número de profissionais por 10.000 habitantes passou de 0,61 em 2005 para 1,30 em 2010. CONCLUSÃO: observou-se aumento considerável na distribuição dos profissionais de fonoaudiologia inseridos na atenção à saúde no estado de Minas Gerais no período em questão, passando de 1.237 em 2005 a 2.555 em 2010. Em 2005, 278 municípios possuíam o profissional fonoaudiólogo na atenção à saúde. Cinco anos depois se observou aumento de 186 municípios com fonoaudiólogo, indicando maior disponibilidade deste profissional para a população atendida. Ainda que tais dados reforcem a maior acessibilidade e presença do fonoaudiólogo no estado, foi notória a discrepância regional no estado.

          Translated abstract

          PURPOSE: to analyze trends in the distribution of speech therapists in Minas Gerais from 2005 to 2010. METHOD: it is a retrospective study, in which a secondary database of public domain - Reports in Health Information of Brazilian Health Information System, called DATASUS was analysed. It was considered data from 853 municipalities in Minas Gerais, highlighting the resource indicators related to the number of speech therapist, the number of professionals in the Minas Gerais macro regions, the population of these spaces, the binding of the speech therapists to the Public Health System (SUS) and the trends distribution of these professionals from 2005 to 2010. RESULTS: from 2005 to 2010, there was a significant increasing in the number of speech therapists. The number of municipalities with speech therapist raised from 32,8% to 54,5%. Since 2008, marked as the peak of professional growth, there was an increase about 25%. The number of speech therapist per 10.000 inhabitants increased from 0,61 in 2005 to 1,30 in 2010. CONCLUSION: there was a considerable increase in the distribution of speech therapists in the searched state, rising from 1237 professionals in 2005 to 2555 professionals in 2010. In 2005, 278 of the municipalities had a speech therapist in the health care. Five years later, there was an increase of 186 municipalities with speech therapist, indicating greater availability of this professional for the mining population. Although the data from this study reinforce the accessibility and professional presence in Minas Gerais, it was notable regional discrepancy in the state.

          Related collections

          Most cited references 28

          • Record: found
          • Abstract: found
          • Article: found
          Is Open Access

          Fonoaudiologia em saúde pública

           Regina Freire (1992)
          Objetivou-se obter o entendimento das funções do fonoaudiólogo enquanto profissional da saúde. Discutem-se as dificuldades ligadas à implantação de um serviço novo, estranho às Unidades Básicas de Saúde. A seguir, analisa-se a demanda pelo serviço de Fonoaudiologia em postos de saúde, e verifica-se que 32% da população que busca esse serviço está em idade escolar e vem encaminhada pelas escolas, com queixa de problemas de aprendizagem. Uma aproximação maior dessas crianças, através do atendimento fonoaudiológico, delineia uma outra realidade: a de que não se pode considerar como distúrbio/desvio/problema/patologia marcas gráficas que se constituem como indícios do choque entre o processo de letramento e o de alfabetização. Entendendo a problemática do ponto de vista da saúde pública, propõe-se um programa de atendimento ao professor, cujo objetivo é o esclarecimento da escola com relação ao seu papel de co-construtora do processo de letramento da criança, devolvendo-lhe a responsabilidade pelo sucesso e/ou fracasso da alfabetização.
            Bookmark
            • Record: found
            • Abstract: found
            • Article: found
            Is Open Access

            Inserção dos fonoaudiólogos no SUS/MG e sua distribuição no território do estado de Minas Gerais

            OBJETIVO: investigar a distribuição dos fonoaudiólogos no estado de Minas Gerais, sua inserção no SUS e as variações geográficas dessa distribuição e suas desigualdades. MÉTODO: análise dos Cadernos de Informações de Saúde dos 853 municípios do estado de Minas Gerais referentes a 2009, disponíveis no Sistema de Informações em Saúde brasileiro, o DATASUS. Foram pesquisados os indicadores: população municipal, número total de fonoaudiólogos da rede SUS e da rede privada e número médio de fonoaudiólogos (SUS e rede privada) por mil habitantes. RESULTADOS: a análise dos dados revelou a presença de 1.733 fonoaudiólogos atuando no estado em 2009. Destes, 67,8% atendiam à rede SUS. Dos 853 municípios, 505 (59%) não possuíam o profissional fonoaudiólogo no período investigado. Observou-se que entre as 13 macrorregiões estaduais as regiões Centro-Sul e Sul apresentaram a melhor média de fonoaudiólogos por 10.000 habitantes (1/10.000) e as regiões Norte de Minas e Nordeste, as piores: 0,16 e 0,05/10.000, respectivamente. Observou-se a presença de 0,58 fonoaudiólogos/10.000 habitantes disponíveis na rede SUS e 0,86 fonoaudiólogos/10.000 atendendo à rede privada e ao SUS no estado. CONCLUSÃO: a inclusão de fonoaudiólogos na assistência à saúde estadual ainda é deficitária, sendo observada grande disparidade na distribuição dos profissionais. É notório o estrangulamento da assistência fonoaudiológica no SUS em Minas Gerais, visto que para cada 17.000 mineiros existia somente um fonoaudiólogo no SUS estadual em 2009. Ressalta-se a necessidade de uma mobilização dos profissionais e dos gestores de saúde para garantir a integralidade da atenção à saúde no estado.
              Bookmark
              • Record: found
              • Abstract: not found
              • Article: not found

              Portaria GM/MS nº: 2.073, de 28 de setembro de 2004. Institui Política Nacional de Atenção à Saúde Auditiva

              (2004)
                Bookmark

                Author and article information

                Contributors
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Role: ND
                Journal
                rcefac
                Revista CEFAC
                Rev. CEFAC
                CEFAC Saúde e Educação (São Paulo )
                1982-0216
                June 2013
                : 15
                : 3
                : 672-680
                Affiliations
                [1 ] Universidade Federal de Minas Gerais Brazil
                [2 ] Universidade Federal de Minas Gerais Brazil
                [3 ] Universidade Federal de Minas Gerais Brazil
                [4 ] Universidade Federal de Minas Gerais Brazil
                [5 ] Universidade Federal de Minas Gerais Brazil
                Article
                S1516-18462013000300020
                10.1590/s1516-18462013005000011
                Product
                Product Information: website
                Categories
                REHABILITATION

                Comments

                Comment on this article